Cultural Care Au Pair

Viva como au pair nos EUA!

Para jovens entre 18 e 26 anos

Treinamento com a Cruz Vermelha para au pairs

2013/01/31

Recentemente, a Cultural Care deu um passo importante para garantir que todas as au pairs estejam preparadas caso alguma criança sob seus cuidados necessite de assistência imediata.

A partir de janeiro de 2013, o programa da Escola de Treinamento Cultural Care Au Pair, que todas as au pairs assistem assim que chegam aos EUA, oferecerá aulas de Primeiros Socorros para adultos e crianças, conduzidas por instrutores da Cruz Vermelha Americana.

Líder em preparação para emergências, a cada ano a Cruz Vermelha Americana treina uma média de mais de 9 milhões de pessoas nas habilidades necessárias para responder a emergências. Entre os vários formatos e opções de cursos oferecidos, a Cultural Care optou pelo treinamento completo, que inclui:

O treinamento, que terá um número baixo de alunos para cada instrutor e será focado no aprendizado por meio da prática, vai incorporar as mais recentes orientações científicas. Após a conclusão, a au pair receberá um certificado de dois anos, além de outros benefícios como lembretes online das instruções e materiais didáticos digitais gratuitos.

Sempre fomos muito orgulhosos do nível de preparação que nós fornecemos para as au pairs durante sua primeira semana nos Estados Unidos. Nosso currículo inclui comunicação eficaz, desenvolvimento da criança, gestão de comportamento, alimentação e nutrição e, claro, segurança e educação de emergência. A inclusão da instrução de Primeiros Socorros pela Cruz Vermelha vem como um excelente aprimoramento para o nosso programa.

A Cultural Care é a única organização a fornecer treinamento em um ambiente acadêmico formal, e agora somos também a única empresa a estabelecer uma parceria com a Cruz Vermelha Americana. Além das instruções na Escola de Treinamento, a Cultural Care também oferece treinamentos complementares quatro vezes durante o ano nos EUA, como parte de seu Programa de Educação Continuada. Estes seminários sazonais fornecem às au pairs informações adicionais sobre medidas de segurança e prevenção de lesões.

De acordo com a American Heart Association, 70% dos americanos tende a sentir-se impotente para agir diante uma emergência cardíaca, pois eles não sabem ou não se lembram como administrar a massagem cardiorespiratória. Um treinamento qualificado e recente pode fornecer as informações essenciais, além da confiança necessária para tomar as medidas que podem salvar uma vida. E, dado que 88% das paradas cardíacas ocorrem em casa, se uma au pair é chamada para administrar a massagem cardiorespiratória em um caso de emergência, é mais provável que a vida salva seja a de uma criança.